Dia Internacional do Livro Infantil – “A fada Oriana” de Sophia de Mello Breyner Andresen

oriana-blog.jpg

No dia de hoje nasceu o escritor Hans Christian Andersen, razão pela qual este é também o Dia Internacional do Livro Infantil.

O primeiro livro que li foi “A fada Oriana” de Sophia de Mello Breyner Andresen. Lembro-me como se fosse hoje, devia de ter uns 7,8 anos e li-o durante as férias no Algarve.
É um livro absolutamente fantástico que determinou em grande parte o meu gosto pela leitura.

Lembro-me tão bem de me sentir entrar dentro do livro, de quando abria aquelas páginas ficar lado a lado com Oriana, passear com ela pela floresta, ajudá-la a arrumar a casa do lenhador, falar com os animais, ouvir o poeta perdido na cidade…
Deve ser um dos livros de que melhor recordo a historia.
Lembro-me de ficar tão assustada na parte em que a fada que perdera as asas se atirou do precipício para salvar a pobre velhota que me senti a cair com ela… Acho que dessa vez não cheguei a chorar mas perdi a conta aos livros que me fizeram chorar lágrimas a sério, principalmente o Diário de Anne Frank.

Mesmo que já sejam todos “crescidos”, se não o leram enquanto crianças, aconselho vivamente a leitura d’ “A fada Oriana”, o livro é verdadeiramente bonito, aliás, como qualquer texto vindo das mãos da grande Sophia de Mello Breyner…

Para terminar aqui fica um pouco do livro:

“(…) E quando chegou a noite, Oriana entrou no café. O criado dormia, encostado ao balcão; os quatro homens conversavam de costas para a sala. Na mesa do fundo, pálido e sozinho, estava o Poeta.
Oriana atravessou o café, sem que ninguém a visse. Parou em frente do Poeta e tocou-lhe ao de leve na mão.
Ele levantou a cabeça e viu-a. Viu as suas asas e a sua varinha de condão. E viu que ela estava em pé no ar, sem que os seus pés tocassem o chão.
– Sou eu – disse ela.
– Agora vejo que és tu. Agora vejo que és uma fada. Obrigado, Oriana, porque tu voltaste.
Oriana deu-lhe a mão e, sem que ninguém os visse, saíram do café. Atravessaram a cidade e as suas ruas cruzadas com anúncios luminosos. Atravessaram as praças, as avenidas e os cais. E saíram da cidade.
Foram pelo caminho ao longo do abismo até à floresta.
A lua cheia iluminava os montes e os campos.
Quando chegaram à floresta, o Poeta pediu:
– Oriana, encanta tudo.
E Oriana levantou a sua varinha de condão e tudo ficou encantado. ”

Anúncios

6 comentários

  1. Abril 5, 2007 às 1:22 am

    Olá, queria dar-te os parabéns pelo teu blog, e já agora convidar-te a visitar o meu: É a história de um músico. que decide partir pela Europa em busca de Fama e Fortuna. (www.demonislandtour.wordpress.com). Um verdadeiro filme!

    Ainda chega a Espanha mas apaixona-se, fica sem dinheiro e tem de de voltar para trás. depois arranja um emprego numa empresa de cafés, onde está neste momento a tentar ganhar o suficiente para se fazer de novo à estrada.

    Em paralelo também se conta a história do órfãozinho Fritz Kahn, que decide partir em busca da sua mãe, com a sua fiel companheira Snarky (uma cadelinha preta). Cai dentro de um poço e é salvo por um pássaro Mitológico chamado Debicronije, que salva os órfãos em apuros mas que lhes pede sempre o que eles têm de mais importante. No caso do Fritz foram os laços mágicos de amizade que o uniam à Snarky. A debicronije transforma o Fritz num porquinho com asas, que foge da terra de Nonamor (A terra da debicronije, onde o feio é o bonito). A caminho de casa, ajudado por uma andorinha que o levava em direcção à Primavera é caçado pelos monges do templo Nandi, que utilizam porquinhos com asas nas suas corridas de toiros.

    Enfim. É uma longa história, mas divertida. faz-me uma visita em http://www.demonislandtour.wordpress.com

  2. dede said,

    Outubro 8, 2008 às 3:47 pm

    lol

  3. luis said,

    Abril 19, 2009 às 1:23 pm

    o livro e muito educativo e da para aprender que nao se deve faltar as promessas e isso e importante aprender por isso quem abrir este site leia esta mensagem e lei o livro e muito fixe vao ver

  4. Maio 12, 2009 às 10:49 am

    gostei muito do seu livro e espero que venham mais como esse

  5. lili said,

    Maio 21, 2009 às 8:12 pm

    oi, venho dixer k este livro foi o melhor k ja li alguma vez !!!! 🙂 ADORO os livros de SHOPIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN

    • tanialucas said,

      Maio 31, 2009 às 1:43 pm

      Este livro tem sempre um lugar muito especial nas minhas prateleiras e também foi durante muitos anos o meu livro preferido.

      Abraços
      Tânia Lucas


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: