Feira do Livro de Lisboa 2008

Este foi um fim de semana em cheio, finalmente consegui ir à feira-do-livro, ainda por cima dois dias seguidos 😀

No primeiro dia, a indecisão entre o Orlando Furioso na Cavalo de Ferro e o Dom Quixote na Relógio d’Água ia fazendo-me sair da feira de mãos a abanar… Safou-me estarem (na Casa das letras se não me engano) três livros do Chuck Palahniuk a 5€ cada, comprei o Asfixia e o Lullaby, um para oferecer ao namorado da minha irmã e outro para ela própria. Para quem não sabe, Chuck Palahniuk escreveu o livro que deu origem ao filme Fight Club, um filme que à partida não dava nada por ele e depois de o ver fiquei completamente viciada. Palahniuk é um génio, dotado de um sarcasmo mordaz e acutilante e de um humor negro, muito negro, ao qual é impossível não reagir. O seu único defeito é que toda a sua genialidade é orientada para o lado negro da vida, levada por anti-heróis, que vivem à margem da sociedade ou à custa desta, sub-produtos de um mundo decadente, levando por vezes esta decadência aos extremos, ao ponto de aquando da leitura do seu ultimo (e também mais polémico) livro em publico, várias pessoas tiveram de sair da sala verdadeiramente incomodadas (pelo menos fui o que li algures). De qualquer maneira, e aparte tudo isto, aconselho vivamente que se atrevam a lê-lo porque vale realmente a pena.

O segundo dia foi mais rentável para o meu lado. Começou logo com um autografo do autor Fernando Campos, de quem estou a ler “A sala das perguntas” e estou a adorar, um verdadeiro Umberto Eco à portuguesa, embora não no sentido negativo da imitação barata, mas na perspectiva do romance histórico, que transpira cultura e conhecimento, e que simplesmente nos deixa fascinados… Voltando ao autografo, gostaria de ter ficado um pouco a falar com o escritor (apesar da sua avançada idade) no entanto haviam mais pessoas na fila e alem disso voltou a acontecer aquele meu problemazito de bloquear mentalmente sempre que falo com um escritor…

Depois disto passei pelo stand da Fenda, onde estavam também representadas mais duas pequenas editoras, a 90º e outra de que não me recordo o nome. Fiquei um pouco à conversa com a editora da 90º, uma espanhola muito simpática que se decidiu aventurar no mercado editorial português, juntamente com uma amiga francesa, e com uma óptima ideia na manga, publicar livros de literatura mas relacionados com pintura, cinema ou outras formas de arte… acabei por comprar “O meu irmão – Theo e Vincent Van Gogh”, de Judith Perrignon, um livro baseada nas cartas trocadas entre estes dois irmãos, afectados pela loucura e bastante inter-dependentes.

Passei também pela Antígona e na caixa das promoções, acabei por me render a “Os Piratas” de Gilles Lapouge (livro que já me tinha chamado a atenção noutra feira do livro por sentir alguma curiosidade sobre o tema) e ainda “México Insurrecto”, um livro que abri ao acaso e gostei do que li, o relato de um jornalista que acompanhou na própria pele a revolução mexicana, no inicio do século XX.

Terminei as minhas compras na “Casa das letras”, onde comprei “Em busca do Carneiro Selvagem” de Haruki Murakami, um escritor muito popular no momento e de quem ainda não li nada. Escolhi este titulo apenas por ser o mais barato, assim se me arrepender o estrago não é assim tão grande :p

Agora quanto à feira no geral, lá estavam os pavilhões modernos da polémica Leya que na minha opinião descaracterizam completamente a feira, aproximando-se de um qualquer stand pré-formatado de uma fil ou qualquer outra feira, muito longe dos velhinhos pavilhões do Parque Eduardo VII, onde se compram livros como vegetais ou flores numa feira… No entanto os pequenos editores também têm as suas estratégias de marketing, a Casa das Letras, por exemplo, oferecia pipocas pelos livros comprados … também achei boa ideia realizar a transmissão em ecrã gigante do jogo de Portugal no Parque, nesse dia a feira encheu e talvez publico que não estaria habituado a participar neste evento tenha mesmo comprado alguns livros… Outra coisa que achei de um encanto sublime foi ter visto uma professora com meia de dúzia de alunos de uma escola certamente de algum bairro degradado da capital, em visita de estudo à feira, achei tão inspirador e tão à “Mentes Perigosas” (o filme)… fiquei curiosa em saber se de entre aqueles alunos rebeldes, algum ficou com o bichinho dos livros depois desse dia…

Quanto a mim só me resta esperar mais um ano, para poder voltar àquele espaço tão especial, onde me sinto sempre tão bem…

Anúncios

8 comentários

  1. Junho 15, 2008 às 6:34 pm

    Infelizmente não pude ir às Feiras do Livro nacionais, visto estar fora… mas “vinguei-me” nas livrarias Americanas, principalmente na excelente “Powell’s City of Books”, que mostro aqui: http://mouraaveirense.blogspot.com/2008/06/o-melhor-de-portland-os-restaurantes-e.html

    Continuação de bom domingo, Moura Aveirense

  2. Pedro said,

    Junho 16, 2008 às 1:58 pm

    Eu também me sinto bem, no meio de tantos livros (e saio sempre com tantos também!…=)).

    Dos que referes, interessam-me Haruki Murakami, em “Kafka à Beira-Mar”, e “O Meu Irmão – Théo e Vincent Van Gogh”.

    Eu só fui um dia e saí de lá cheio! xD

    Espero também pelo ano que vem, pois por muoitas desavenças a Feira é uma tradição!

  3. Filipa said,

    Junho 24, 2008 às 11:07 am

    Eheh, não sei se te inveje ou não! Por um lado, ai que bom, livroooos novinhos!! Por outro lado, tenho tanto que ler e o meu quarto a abarrotar de livros, que ainda bem que não fui lá cair na tentação de comprar ainda mais! 😛

  4. tanialucas said,

    Junho 25, 2008 às 10:03 pm

    Para Moura Aveirense:

    Viagens, musica, livros e a maravilhosa cidade de Aveiro… devo confessar que a pessoa que idealizo para mim mesma (que eu gostava de ser quando me tornasse finalmente uma “adulta” a sério) seria algo muito semelhante à Moura Aveirense… o único senão é mesmo trabalhar numa faculdade, uma vez que neste momento só penso em finalmente me livrar da minha…

    Boas ferias e boas leituras :p

    Tânia Lucas

  5. tanialucas said,

    Junho 25, 2008 às 10:05 pm

    Para Pedro:

    É bom saber que não sou a única viciada nesta feira :p Assim que ler Haruki Murakami e o livro dos Van Gogh prometo que deixo aqui a minha opinião, mas com a falta de tempo com que ando é capaz de demorar….

    Cumprimentos
    Tânia Lucas

  6. tanialucas said,

    Junho 25, 2008 às 10:09 pm

    Para Filipa:

    Pois, o meu quarto também está com um grave problema de logística em termos de livros… A minha solução é aproveitar-me descaradamente das estantes vazias da casa do meu namorado e ir enfiando livros mais antigos para lá…

    De qualquer maneira, trazer sacos cheios de livros da feira é uma tentação a que simplesmente não consigo resistir :p

    Fica bem
    Tânia Lucas

  7. Junho 25, 2008 às 11:30 pm

    Obrigada pelo simpático comentário. Mas quando diz «quando me tornasse finalmente uma “adulta” a sério»… hummm, se calhar pensa que a Moura Aveirense é já “velhota”, será?!? LOL

    É engraçado que todas as pessoas que conheci que diziam que se queriam livrar da faculdade, etc… foram as primeiras a regressar, para mestrados ou doutoramentos… enfim, coisas…

    Uma boa noite, Moura Aveirense

  8. tanialucas said,

    Julho 21, 2008 às 8:52 pm

    Para Moura Aveirense:

    Exprimi-me mal, ser adulta a sério não tem tanto a ver com a idade mas mais com ter as responsabilidades e deveres dos adultos, trabalho, casa, essas coisas… e agora que começo a entrar nesse mundo, bolas, começo a perceber porque é que tanta gente volta para as faculdades…

    Umas boas férias (se for caso disso :p)
    Tânia Lucas


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: