“Pássaros feridos” por Collen McCullough

Terminei há dias “Pássaros feridos” de Collen McCullough.

A história desenrola-se na longínqua Austrália, onde acompanhamos a saga da família Cleary e da forma como o destino de três mulheres se repete ao longo de três gerações.

A dor, o orgulho e a resignação passam de mãe para filha, como as estações se sucedem sobre a terra, em ciclos alternados de vida e morte.

Para além dos magníficos quadros, criados por palavras, de uma terra onde a Natureza é dura e poderosa, o que mais me apaixonou neste livro foi exactamente o tema da fatalidade da vida e de como tantas vezes o destino se repete de uma forma irónica, como se fossemos todos meros actores numa grande peça da qual desconhecemos o guião já traçado.

Também agora, a entrar na idade adulta, sinto repetir-se em mim acontecimentos que marcaram a vida da minha mãe, tal como ela o sentiu, embora de outra forma, com a sua mãe, minha avó.

E por isso senti que este livro foi lido na fase ideal para compreender todo o seu significado (embora suspeite que esta seja uma daquelas obras que nos acompanham toda a vida e das quais retiramos diferentes leituras ao longo dos anos…)

Para além do que referi, há passagens deliciosas, que dão vontade de sublinhar e guardar na memória. Termino este post com um desses exemplos:

“(…) É apenas um homem. Vocês são todos iguais, grandes mariposas peludas que se despedaçam no encalço de uma chama tola, atrás de um vidro tão claro que os seus olhos não a vêem. E quando conseguem entrar, aos trancos e barrancos, no interior do vidro para chegar à chama, caem ao chão queimados e mortos. Entretanto, lá fora, na noite fresca, há comida, amor e pequenas mariposas. Mas vêem eles essas coisas? Querem essas coisas? Não! É atrás da chama que correm, até perder os sentidos e morrer queimados por ela. (…)”

Anúncios

5 comentários

  1. Suzi said,

    Abril 17, 2010 às 8:51 pm

    Lura?

    quem escreve nesse blog? qual o propósito dele?

  2. Pedro said,

    Abril 19, 2010 às 11:38 pm

    http://eco-gama.blogspot.com/

    Agradeço que sigas este blogue! Trata-se de um projecto na minha escola, e precisamos de dinamizá-lo… Segui-lo é o teu apoio, agradeço-te imenso!

    Quanto ao livro, tenho aqui por ler, e com imenso apetite!!! Ainda só não peguei nele pelo tamanho, que algumas vezes não dá jeito…

  3. enzo said,

    Abril 25, 2010 às 6:06 pm

    Lura,
    impressionante como vcs portugueses escrevem bem. Adoro ler os autores portugueses. São muito sensíveis…Pro meu gosto, me atingem muito mais que outros que têm o português como língua mãe….

  4. Margarida Sofia said,

    Julho 6, 2010 às 12:57 am

    Descobri o seu blog por acaso, numa noite em que não me apetecia trabalhar 🙂
    Aproveito o comentário especialmene para deixar uma sugestão. Li quatro dos livros da Collenn McCollough e gostei imenso de todos. Tal como diz são fantásticos os quadros criados por palavras que a autora cria. No entanto este, Pássaros feridos, apesar de aclamado como best-seller, não me pareceu tão bom como “O toque de Midas”. A história é ainda mais apaixonante, nunca deixando de parte a mestria das palavras. Experimente!

  5. Nita said,

    Janeiro 7, 2011 às 11:47 pm

    oii eu sou a Nita…eu li pássaros feridos por que fiquei intrigada com o nome do livro e foi só começar para não conseguir parar mais…é uma linda e envolvente história de amor…mas ñ o amor dos contos de fadas mas o amor que é encoberto pelas cobiças do dia dia pela ganança mas nem por isso deixa de ser amor…o que eu mais gostei nele foi quando entendi o significado por trás do titulo concerteza foi brilhante…..deixa eu ir ou fico aki até amanhã rs bjossss


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: