“As Mulherzinhas” de Louise May Alcott

Quando era pequena costumava seguir na TV um anime inspirado no clássico “As mulherzinhas”. Quando descobri que existia o livro (devia ter uns 8 anos), pedi pelo Natal no entanto ofereceram-me uma versão adaptada para crianças que me deixou desiludida e sempre na expectativa de um dia vir a ler o original. Concretizou-se devido a uma promoção na Feria do Livro de 2010 onde finalmente acabei por comprar o original.

Em relação ao livro em si, arrependi-me de não o ter lido efectivamente na infância porque agora, grande parte da magia perdeu-se… As personagens são demasiado bem comportadas, mesmo quando se desviam dos bons costumes e, para além de um romance com um grande sentido de moral, não há muito mais a retirar da obra. Ainda assim, a personagem Jo não me desiludiu, continuou a ser a minha preferida, tanto no livro como na tv, pelo seu gosto pelos livros, imaginação e rebeldia…

Assim sendo, considero este um bom livro para oferecer a uma menina em idade escolar, desapontando um pouco quando crescemos, ao contrário de outras obras como “O Principezinho” ou a “”História Interminável”, estas sim intemporais.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: